Sempre que disseres que eu sou uma desilusão, que não sou nada do que tu gostavas que fosse, que não entendes o que eu estou a fazer com a minha vida, lembra-te que tu também não és perfeito, que tu me falhaste muito antes disto tudo, que tu também não sabes ser o que eu preciso. Lamento não ser o que tu queres, mas lamento ainda mais não conseguires compreender o porquê disso, o porquê de tu também não reflectires os meus ideais. 

1 heart(s):

Raquel Neves disse...

Eu amei ler isto, de coração mesmo. Estou em completa sintonia!