E eu gosto de ti no fim da tarde, com a tua mão na minha e os teus lábios nos meus. Gosto de ti em fragmentos de nós, sempre incompletos, sempre danificados, distorcidos. Sempre belos.

1 heart(s):

Hapi disse...

Que lindo. Que saudades...