Sozinho passeavas
nas ruas abandonadas
tão vazias como cheias.
Cheias de solidão,
vazias como os teus dias.
E eu sei que medo terias
se sentisses com o coração,
que não tens.

Perdido cambaleavas
como único sobrevivente
de uma batalha nunca travada.
Contaste-me tudo calmamente
e com uma palavra mais amarga
compulsivamente choravas.

4 heart(s):

Hapi disse...

Lindo :o
Que talento!

Mafalda disse...

Gosto muito, muito:)

Anónimo disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL TIRASTE ISTO DOUTRO BLOGUE AHAHAHAHAHAH

Margarida C' disse...

ai sim? qual? LOOL